terça-feira, 3 de março de 2015

7 Mitos sobre Teologia/Unasp : Impressões do primeiro ano de FAT

Por Éferson Viana



Bom, se você está lendo esse post é por que: 

(1) estuda Teologia em alguns dos anos, 
(2) pretende estudar ou 
(3) é muito curioso e ansioso. 

Ano passado eu era 2ª e 3ª alternativas, mas hoje sou a 1ª (graças a Deus). No ano passado eu estava muito ansioso. Eu queria saber das coisas antes que elas acontecessem. Gostava de ficar por horas procurando por informações, fotos, e até o mapa do Unasp eu parava para analisar de vez em quando. Imaginava no dia que estaria aqui, no dia que conheceriam os vizinhos, o primeiro dia de aula, os professores... E o mais chato é que não encontrava muitas informações. Não conseguia fotos das aulas (sim eu queria saber como eram as salas), nem dos professores, quais seriam ao certo, o que seria estudado... Não encontrava quase nada e tive que suportar a ansiedade. E eis aqui hoje. 

Ao realizar o sonho de vir fazer Teologia e conhecer tudo mais eu notei uma coisa: Quantos mitos tem o Unasp e porque não o curso de Teologia? Quanta coisa eu ouvi falar. E hoje quero lhe tirar um pouco da ansiedade quebrando alguns mitos: 


1. Só tem homens: 


Esse mito só é para os desavisados, pois desde sempre as moças estiveram dispostas a cursar Teologia. Mas obviamente comparando com a quantidade de homens as meninas sempre ficam na minoria. Mas todos os anos elas são mais (uma média de 4 a seis 6 por ano) e arrisco a dizer que em alguns anos serão dezenas. E se você é menina não perca tempo. Se acredita que essa é sua vocação tem mais é que vir mesmo! 

2. Todos os alunos tem que usar terno e gravata: 

Não dá para considerar um mito por que não é uma obrigação, é um estímulo que lhe dão. Em seu futuro ministério, a vestimenta contará muito na sua apresentação e aparência com as pessoas. Se você não se acostumar e notar a importância agora, corre o risco de viver desconfortável obrigatoriamente. Pode sim usar um Jeans (decente), uma camisa polo ou uma vestimenta mais social. Só não me venha de gravata borboleta num terno bege ou calção e chuteiras. 

3. É como qualquer faculdade, mas ensina Teologia: 

Por um lado sim, mas de maneira nenhuma pode-se comparar outros cursos com uma faculdade que ensina na teoria, na prática e espiritualmente. Não conheço curso que se preocupe com você dentro e fora da sala. Assim também na abordagem dos professores e a forma como colegas se tratam e importam-se com o próximo. Caráter e respeito não se ensinam em qualquer curso por ai. 

4. Ensina o que todo mundo já sabe:

É verdade que você já chega aqui com uma bagagem espiritual tanto nas suas funções na igreja como ancião, professor ou obreiro, como nos seus estudos diários como Bíblia, lição e livros de sua escolha. Você pode já ter ido a diversos cursos de oratória ou até Concílios. Mas uma semana de IGB (Introdução Geral a Bíblia), História do Adventismo ou Formação espiritual te fazem ter vergonha de ter dito que um dia se gabou de ter ido ao melhor curso da sua Associação. Inclusive as leituras bem indicadas e focadas a determinados assuntos lhe ensinam muito mais do que em qualquer outro dia na sua vida. As formas de ensino te fazem não só decorar, mas entender e praticar os princípios descritos. Estava acostumado com Michelson Borges e Daniel Cruz. Agora Knight, Maxell, Canale, Bíblia Stuttgartensia e Léxico são meus vícios eternos. 

5. Tem aulas integrais 

Também não pode se chamar de mito pois a cada semestre as coisas mudam mas o mais correto dizer e que pela manhã são as aulas presenciais e a tarde são horas específicas que cada professor decide se será usado em leitura(a maioria), trabalho online, pesquisa entre outros... 

6. Aulas “leves”: 

Realmente quem inventou essa não chegou aqui ainda. Embora as aulas iniciem com um tour pela pelo Campus e tenham várias informações no primeiro dia, quando começa de verdade é só conteúdo. Tanto introduzindo á Bíblia quanto aprendendo sobre a História do Adventismo, parece que está em um intensivo ou estão lhe dando 4 estudos bíblicos em 50 minutos. É muita informação (inclusive inédita pra quem não entra a fundo em alguns assuntos) e leitura. Na segunda semana já tive 3 leituras e uma prova. Para quem estuda a Bíblia de vez em quando e lê poucos livros será mais puxado ainda. Fora quando você se interessa por determinado assunto e vai à Biblioteca e pega livros para “somar” ao conteúdo já dado.

7. Entre outras coisas (catraca, biblioteca, favorecimento...). 

Além de tudo isso você chega aqui descobrindo muitas coisas que nem imaginava. Para você entrar precisa estar cadastrado biometricamente (seu dedinho libera a catraca). Salas muito bem equipadas (projetores, som, computador, chamada eletrônica, ar condicionado...), caixas eletrônicos, correios, uma ótima biblioteca (vivo lá) que tem tudo que precisar incluindo literatura inglesa e livros raríssimos. Infelizmente muitos chegam aqui com o ego lá em cima depois de terem passado em duas provas e entrevista. Mas aqui também não tem favorecimento (nem para filhos de Pastor se essa era sua dúvida), pois todos estão aqui para aprender, inclusive humildade e respeito. Desde o primeiro dia todos ficam cientes de que aqui ninguém tem privilégios. E realmente, você pode chegar aqui achando que sabe ou tem experiência suficiente para se dar bem mas logo nota que o que havíamos aprendido até então era superficial. Agora é pra valer. Se você tem dúvidas de como é ou quais os melhores caminhos para estar no Unasp um dia, fale com a gente pela nossa página no Facebook ou com um de nós colaboradores pois teremos prazer em lhe ajudar.