sábado, 13 de dezembro de 2014

O que você precisa saber antes de vir pro seminário: Não há garantia de chamado




Na última capela do ano pros alunos de teologia do unasp, dia 03/12/2014, o pastor Emilson dos Reis, diretor da FAT UNASP veio dar os seus costumeiros anúncios antes da palestra. Ele estava visivelmente triste, de cabeça um pouco baixa proferiu: "Eu tenho uma notícia nada boa para dar. Até agora, dos 120 formandos, apenas 37 tem chamado. E a tendência é que as coisas não melhorem muito até o final do ano. Nós gostaríamos de garantir que todos tivessem chamado, mas a nossa função vai somente até a formatura".

O que isso significa?



O curso te teologia funciona da seguinte forma: os alunos do último ano colocam o seu nome numa lista chamada "nominata". Então os presidentes dos campos que carecem de novos pastores vem entrevistar os candidatos para preencher as vagas. Porém o que tem acontecido é que o número de formandos em teologia tem sido muito maior do que a necessidade dos campos atualmente.

Até 2010 só haviam dois seminários: o UNASP e o IAENE. Em 2010 abriu o seminário da FAAMA com a primeira turma formando em 2013. Ano passado abriu a primeira turma de teologia do IAP que se formará no final de 2017.

De fato o compromisso de qualquer faculdade é em formar o aluno. Nenhuma faculdade dá garantia de trabalho. Porém no campo da teologia a questão é mais delicada pois há basicamente um único empregador: a própria obra adventista.

Quais as alternativas?




O pastor Edilson Valiante já havia falado a nós sobre essa possibilidade de não termos um chamado ao final do curso. Ele sugeriu que os que não tivessem chamado fossem colportar. Existem alternativas como concursos públicos para capelania. Há ainda a opção de se voluntariar para ser assistente em uma igreja para que assim os administradores possam conhecer o seu trabalho e assim te contratar futuramente. Foram essas as alternativas que ele sugeriu.

Pros que se formam existe também a opção de fazer o chamado "5º ano" que é a pós-graduação em teologia (mas que também não é garantia de chamado após a conclusão).

Mas, de todas as alternativas, o que eu sugeriria é o campo missionário. Aqui no Brasil sobram pastores. Lá no exterior está faltando. Confira no adventistvolunteers.org/ as vagas disponíveis.

Porém para isso é essencial que você tenha conhecimento do inglês. Portanto, se você pensa em ser missionário comece a investir o quanto antes no estudo dessa língua que é fundamental para qualquer coisa que se for fazer no exterior.

 O Chamado

O que nós entendemos por chamado não é somente a vaga de emprego ao final do curso. Existe sim o chamado da obra pra se trabalhar, mas acima de tudo temos de ter a consciência que quem nos chama para essa obra é Deus.

Porém é claro que se você estudou 4 anos de teologia você quer trabalhar como obreiro da Igreja Adventista. Portanto, tendo em vista a atual realidade das coisas, eu recomendo que você pense duas vezes antes de deixar sua carreira atual para trás. Não venha só porque acha legal a ideia de ser pastor. Ser pastor é mais do que uma profissão! Há também outras maneiras de se servir a Deus.
Porém se você está convicto de que realmente é essa a sua vocação e que Deus é quem está te chamando venha sem medo e tenha a certeza de que Deus há de guiar a sua vida para onde quer que Ele deseje!