quinta-feira, 27 de novembro de 2014

Como ter milhares de músicas de forma legal




Eu gosto muito de música! (Quem não?). E estou na internet desde a época do aposentado napster, o primeiro programa p2p pra baixar música na internet. Na época eu nem entendia muito bem disso. Mas conforme eu fui crescendo, junto com meu acervo musical uma coisa começou a me incomodar. Pera aí, se eles vendem essas músicas, como é que eu tenho isso de graça? Muita gente parece não se incomodar com isso. Não parece roubo, porque é tão fácil e ninguém "perde" nada. A música é copiada e o dono anterior continua com a dele e todo mundo fica feliz. Maaaas, alguém sai prejudicado nesse esquema. Os artistas, músicos e todos os envolvidos na gravação daquela canção não são remunerados e os impostos também não são pagos.





Antigos programas para baixar música de forma ilegal




Cristo deixou um princípio muito claro a esse respeito. Quando perguntado por fariseus se era lícito pagar tributo à Roma ele pediu uma moeda. E perguntou de quem era o rosto desenhado na moeda. E quando eles responderam: "De César" então Jesus replicou a famosa frase:
"Então, dêem  a César o que é de César e a Deus o que é de Deus".(Mateus, 22:21)
Jesus, no sermão do monte (Mateus 5 e 6) ampliou muito o sentido da Lei. O "não matarás" não é só do corpo e o "não adulterarás" não é só sobre sexo extra conjugal.
Será que não poderíamos dizer o mesmo para o "não furtarás"? Será que isso se limita somente a objetos? É claro que não!

Isso me incomodou por muito tempo, eu a paguei todas as minhas MP3s e preservei somente as que eu tinha o CD ou que eu possuísse o direito daquela música. Tem gente que curte essa parada de ter o encarte, o LP, etc. Eu acho que isso só ocupa espaço físico e gera bagunça. (Sem falar na qualidade superior das mídias sobre o MP3 que encanta os audiófilos, mas isso é outro papo).


Até que algum tempo atrás eu descobri algo que "mudou minha vida": 

Hoje em dia existem várias maneiras legais (em ambos os sentidos) de ouvir música. São as chamadas soluções na nuvem, você pode ouvir música por streaming, via internet.

Nesses serviços você paga uma quantia mensal fixa e pode ouvir à vontade as músicas que você quiser e os artistas são remunerados de acordo com o que se ouve. Há ainda alternativas gratuitas, mas com algumas limitações.

O primeiro que eu conheci, foi o que eu mais gostei e assinei; o Spotify. Ele tem um acervo muito bom de músicas cristãs (especialmente música internacional). Custa 15 reais por mês mas você pode ouvir de graça com algumas propagandas. Ele tem aplicativo na PlayStore na Apple Store e programa pra computador: https://www.spotify.com/br/




Há ainda outros serviços: Sound Cloud, Rdio, Deezer, a Amazon Prime, o google play music e agora até o YouTube lançou o seu serviço de música paga. Todos eles tem aplicativos tanto pra android quanto pra iOS








Eu quero recomendar a vocês essa solução para a sua vida musical. Pelo valor de um CD por mês você pode ter acesso à milhares de músicas de uma maneira honesta e legal. Fora que é muito bacana descobrir novos artistas e novas canções.

Assim você pode ter todas as suas músicas que deseja, descobrir novos artistas, compartilhar seu gosto musical economizar espaço na prateleira do seu quarto e ainda ficar com a consciência tranqüila que o artista está sendo remunerado e os impostos devidamente pagos.
Fica a dica!