terça-feira, 25 de fevereiro de 2014

Jornalismo e teologia – Uma combinação real!

Por Gabriel Stein de Servi



Se na sua mente existe o conflito de escolher entre duas paixões, e se elas forem Teologia ou Jornalismo, pode ficar tranquilo. Não há necessidade de se colocar em tal atrito sendo que as duas áreas acadêmicas podem ser perfeitamente combinadas em uma só, na prática. Um pastor comunicador. Aliás, todo pastor em si já é um grande comunicador. Todas as pessoas, na verdade, são comunicadoras. Mas, assim como o jornalista, o pastor é um comunicador específico. Que confusão. Tentarei me explicar.


Dizem que o jornalista  é o responsável de ser o porta voz da sociedade e o porta voz para a sociedade.  Relatando, promovendo, expondo e cobrando aquilo que é útil e fundamental para o bom funcionamento do núcleo de pessoas com as quais está inserido. Pois bem, quer algo mais essencial para o crescimento, avanço e bem estar do que Cristo Jesus? Logo, a função principal de qualquer pastor (e cristãos, diga-se de passagem) é comunicar Jesus.

Assim como não se precisa de diploma para exercer a profissão de jornalista no Brasil, é evidente que não é necessário ser jornalista para falar a respeito do Mestre ou ser pastor. Mas, tudo que se aprende na vida é útil para ir um pouco mais além.

O jornalista aprende a filtrar o que é mais importante; ir direto ao ponto; adaptar-se a diferentes públicos; fornecer informações que são relevantes e podem mudar vidas; averiguar o que está acontecendo de errado no sistema; buscar respostas para indagações que atingem a população; trabalhar com diferentes linguagens (texto, rádio, vídeos, televisão, internet); atingir as grandes massas; lidar com o trabalho coletivo; viver em busca da “fonte” certa.

Talvez como um jornalista pastor não exista a grande oportunidade de dar um furo de reportagem que consiga influenciar a cassação do mais atual presidente corrupto. Contudo, se as técnicas de comunicação ensinadas no curso que já foi ou será feito forem bem aplicadas para levar ao mundo o que ele realmente precisa saber, a volta iminente de Jesus Cristo será muito mais recompensadora do que qualquer assinatura gravada em um editorial de jornal.

Gabriel é formado em Jornalismo e
agora cursa o segundo ano de Teologia no UNASP EC